Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :
img

Escoriação: como dar os primeiros cuidados?

Escoriação (popularmente conhecida como “esfolado”, “ralado” ou “arranhão”) é uma lesão superficial da pele ou de uma mucosa (revestimento de cavidades que tem contato com o meio externo, como a boca), com pouco sangramento e que não costuma deixar cicatrizes, porém, é bem dolorosa.

Esse tipo de ferimento, causado geralmente por atrito com o chão, com paredes ou com materiais cortantes, embora simples, deve ser tratado corretamente para evitar infecções virais e bacterianas.

Como proceder diante de uma escoriação?

1 – Assepsia pessoal (da pessoa que entrará em contato com o ferimento), lavando as mãos com água limpa e sabão.

2 – Lavar o ferimento com água limpa e sabão, retirando a sujeira que pode estar no local.

3 – Caso tenha em mãos, pode-se usar um anti-séptico líquido no local, mas lembre-se: o mais importante é a boa lavagem com água e sabão.

4 – Cobrir com gaze ou outro material improvisado, desde que esteja limpo. Esse curativo deve ser usado só nas primeiras horas, pra drenar secreções e pra evitar contaminação. Em seguida, deixe a lesão ventilada, pois quanto mais seca, menor o tempo de recuperação.

IMPORTANTE:

– Não utilize nenhuma pomada no local sem a prescrição médica!

– Não aplique pó de café, vinagre ou ervas no ferimento, pois, podem provocar contaminação!

– Não utilize nenhum antibiótico (pomada ou via oral) sem a prescrição médica!

Autor: Dr Wésley de Sousa Câmara
2015

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Linkedin
  • Pinterest
error: Content is protected !!